7 dicas de linguagem corporal para se sair bem nas entrevistas

6 minutos para ler

Vários aspectos são analisados em um processo seletivo. Um dos fatores fundamentais para obter sucesso é a linguagem corporal. Seja para uma vaga de estágio, seja para uma vaga de emprego, a forma como os candidatos se comportam em entrevistas diz muito mais do que palavras.

Nesse sentido, é importante conhecer estratégias que ajudam a evitar posturas que possam transmitir imagens indesejáveis. Para tanto, não é preciso comprometer a espontaneidade, basta conhecer as mensagens que alguns gestos e posturas representam e saber controlá-las.

Neste artigo vamos comentar sobre a importância da linguagem corporal em entrevistas e quais aspectos devem ser observados para se preparar e passar a melhor imagem possível ao recrutador. Continue lendo para saber mais!

Mensagens que a linguagem corporal transmite

A linguagem corporal diz respeito às expressões por meio de movimentos, posturas ou gestos que fazemos com as diferentes partes do corpo, de forma intencional ou inconsciente.

De acordo com uma pesquisa realizada na Universidade da Califórnia, apenas 7% de toda comunicação humana é baseada em palavras. Segundo os resultados obtidos, 38% está relacionada ao tom de voz e 55% se refere à chamada linguagem corporal.

Isso significa que as relações interpessoais poderiam ser diferentes se não pudéssemos contar com a avaliação da forma como o corpo se comporta durante uma conversação.

É por meio da linguagem corporal que muitas vezes podemos identificar o real significado de uma mensagem ou transmiti-la de maneira indesejada. Dessa forma, um breve revirar de olhos pode indicar que o sentido da mensagem é o oposto daquele que foi dito.

Importância da linguagem corporal em entrevistas de emprego

A conquista de uma vaga passa por diversas etapas. Além de um bom currículo é fundamental ter pontualidade, se expressar corretamente na entrevista, ter cuidado com a apresentação visual, com o comportamento adotado nas redes sociais e diante do recrutador.

A linguagem corporal pode passar uma imagem positiva ou negativa dos candidatos e isso depende das posturas adotadas durante uma entrevista. Nesse sentido, é importante observar que muitos recrutadores são treinados para interpretar esses sinais, influenciando na avaliação final.

Dicas de linguagem corporal em entrevistas

É muito comum que no momento da entrevista os candidatos sintam um certo nervosismo e insegurança, o que muitas vezes pode prejudicar a avaliação final.

Para evitar que isso ocorra é preciso manter a calma e se concentrar em demonstrar suas competências e seus diferenciais com uma linguagem corporal que favoreça a sua imagem e afirmativas, conforme as dicas que comentamos a seguir.

1. Se apresente da melhor forma ao recrutador

Sorria naturalmente ao se apresentar e preste atenção na forma de apertar a mão do recrutador. Esse gesto deve ser feito na mesma intensidade e tempo com que foi recebido, para demonstrar empatia.

Um aperto de mão mais forte pode ser interpretado como uma atitude de caráter dominador. Dependendo do perfil requerido para a vaga, esse aspecto pode prejudicar o candidato.

2. Mantenha um contato visual

O olhar é uma das partes mais expressivas na comunicação. Ao responder ou fazer perguntas, é importante manter um contato visual com o recrutador, já que isso indica atenção e confiança no que está sendo dito. Mas é importante não exagerar na expressão — olhar fixamente para uma pessoa pode gerar desconfortos.

Dessa forma, é importante que esse contato seja feito de forma regular durante a conversa, procurando encontrar o meio-termo para não perder essa interação, nem parecer agressivo.

Mas o olhar sem foco também transmite algumas mensagens. Para cima e para a direita, pode indicar confusão, como se a pessoa estivesse buscando por uma imagem mental enquanto desvia os olhos. Já olhar apenas para cima pode denotar irritação e desprezo.

3. Evite cruzar os braços

Manter os braços cruzados em uma conversação pode ser interpretado como uma atitude de defesa, impaciência ou agressividade passiva. Dessa forma, é aconselhável colocar as mãos no colo ou na mesa, evitando ultrapassar a linha do cotovelo.

4. Tenha cuidado com as gesticulações excessivas

A gesticulação ao falar é normal, sendo inclusive aconselhável em alguns casos para acrescentar expressividade à fala, entretanto, é preciso que seja utilizada na dose certa para eliminar possíveis hábitos que denotem nervosismo.

5. Adote uma boa postura

Alguns candidatos adotam uma postura sentada de forma desleixada na sala de espera ou diante do recrutador, sendo avaliados negativamente por essa atitude. Dessa forma, é importante sentar-se de maneira confortável, mantendo a coluna reta e a cabeça erguida, a fim de demonstrar interesse e confiança.

Tente observar, de forma sutil, a linguagem corporal e a postura do entrevistador, para se espelhar nele e obter uma referência sobre como se posicionar. Sente-se de forma alinhada e incline-se levemente para frente para demonstrar engajamento e confiança.

6. Controle o entusiasmo

Controlar o entusiasmo também é uma atitude essencial na linguagem corporal em entrevistas de emprego. Mostrar muita empolgação, risadas, contentamentos excessivos, intimidade e fazer perguntas irrelevantes pode destruir a oportunidade de conquistar uma vaga.

A entrevista é um processo que requer controle e calma, pois representa um momento de troca de informações importantes, com o candidato demonstrando a sua experiência profissional e habilidade, bem como o conhecimento das propostas da empresa.

Dessa forma, é importante cuidar para não invadir o espaço do recrutador, para evitar desconfortos e manter uma conversa fluida. Em geral, quando os candidatos ficam nervosos, ansiosos ou eufóricos, começam a respirar mais rapidamente, reduzindo a capacidade de pensar com clareza e demorando para fornecer respostas com precisão.

7. Mantenha o controle emocional

É importante traçar os próprios limites, já que o equilíbrio emocional no momento da entrevista pode significar a chave para o sucesso. Para tanto, é preciso manter a calma, respirando profundamente, para manter-se energizado, confiante e com a mente alerta.

Como vimos, é fundamental observar alguns cuidados quanto à imagem a ser passada em uma entrevista de emprego ou estágio. Para tanto, é preciso se preparar para o momento e adotar estratégias de linguagem corporal em entrevistas que possam lhe ajudar a se destacar e aumentar as probabilidades de conseguir a vaga desejada.

Gostou deste artigo? Para acompanhar todas as dicas de entrevista de emprego, siga as nossas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-