As 8 características mais procuradas no perfil de trainee

6 minutos para ler

As oportunidades para jovens talentos em grandes empresas estão em ascensão, com altos salários e a chance de começar uma carreira de sucesso. Para conseguir uma vaga nessas corporações, o candidato precisa mostrar aos recrutadores que tem perfil de trainee.

Ingressar em um programa trainee é um desafiado logo na seleção, pois são várias as exigências buscadas no perfil ideal. Durante o período de trabalho na empresa, a rotina também demanda habilidades e competências específicas para alcançar um bom desempenho.

Mas saiba que garantir uma vaga na área pode ser sinônimo de visibilidade, networking e crescimento pessoal e profissional. Por isso, vale a pena investir em processos seletivos.

Quer saber quais são as características desse perfil, capaz de chamar a atenção entre vários candidatos? Veja a seguir 8 aspectos que as grandes organizações procuram em jovens profissionais que pleiteiam uma vaga de trainee. Continue a leitura!

1. Fluência em línguas estrangeiras

É impossível fugir da necessidade de ser fluente em uma língua estrangeira para atuar nas grandes organizações do mercado corporativo. Ter conhecimentos avançados em inglês é o mínimo para passar na pré-seleção de currículos.

O motivo dessa exigência é que a maioria das corporações já atua com clientes internacionais, empresas parceiras e sedes que ficam em outros países, tornando o inglês uma normalidade na rotina.

O diferencial, agora, é adquirir conhecimento pelo menos intermediário em uma terceira língua. Segundo especialistas, idiomas como mandarim, francês, alemão e espanhol podem levar o profissional mais longe na carreira em uma multinacional.

2. Experiência sólida no estágio

Como você já sabe, o estágio é a porta de entrada no universo profissional. Por isso mesmo, essa é uma obrigação durante a faculdade. Quanto melhor for a experiência de estágio, maiores são as chances de ter uma boa avaliação em um processo seletivo de trainee.

Recrutadores buscam um perfil de trainee com alguma familiaridade com o dia a dia corporativo. Pessoas que já entendem os desafios, a pressão e as normas internas das empresas conseguem se adaptar com mais facilidade.

Essa só é uma motivação a mais para que estudantes de graduação busquem vagas de estágio em grandes empresas, que possam acrescentar uma experiência realmente valiosa à carreira e dar mais visibilidade futura ao currículo.

3. Proatividade na resolução de problemas

A proatividade é uma das competências mais buscadas no perfil de trainee. A atuação de um jovem talento em uma organização tem como principal objetivo um desempenho estratégico, que traga soluções inovadoras.

O trainee não pode ficar acomodado em sua função. Pelo contrário, tem de ser proativo, apresentar ideias, deixar a timidez de lado e procurar tomar a frente em decisões que tragam crescimento para a corporação.

4. Inovação e criatividade

A maioria das grandes empresas hoje em dia adota um sistema de gestão que abre espaço para novas ideias e apresenta maior tolerância a erros, desde que sejam cometidos e remediados de forma rápida e com poucos custos.

Isso exige de quem é trainee um pensamento criativo e inovador, que busca novas soluções para os problemas apresentados pelo público-alvo. Já imaginou suas ideias serem executadas e colocadas no mercado? Isso é possível sendo trainee!

5. Habilidade em relacionamento interpessoal

As competências socioemocionais estão em alta no mercado corporativo. As empresas estão percebendo que, quanto mais fluidos e saudáveis forem os relacionamentos humanos no ambiente organizacional, melhores serão os resultados das equipes em relação à produtividade.

Os recrutadores buscam no perfil de trainee pessoas que consigam expressar o que pensam de forma equilibrada, saibam respeitar opiniões diversas e tenham empatia pelos problemas dos outros.

Saber dar e receber feedbacks também é importante, já que esse é um método de desenvolvimento muito usado nas empresas. Ou seja, é fundamental conseguir ouvir e aprender com críticas construtivas, além de saber dar feedbacks adequados aos colegas e gestores.

6. Experiência extracurricular

A graduação pode ser um fator essencial para completar um perfil de trainee, mas um grande diferencial são as experiências extracurriculares que você pode recolher ao longo de sua trajetória.

Intercâmbios no exterior, participação em projetos voluntários, performance acadêmica, atuação em programas experimentais da faculdade e outras vivências podem agregar muito valor à sua apresentação.

Todas essas experiências trazem uma gama de aprendizados que vai além da teoria. Os recrutadores entendem que esses saberes podem ser aplicados no dia a dia da corporação, garantindo maior flexibilidade para lidar com desafios e bagagem cultural suficiente para atuar de forma dinâmica.

7. Vontade de se desenvolver e crescer na empresa

Diferente de um estagiário, profissional que ainda está em processo de aprendizado, um trainee é selecionado para atuar de forma enérgica na empresa, visando uma carreira de sucesso naquela organização.

As corporações buscam jovens talentos dispostos a se desenvolver e crescer profissionalmente naquele ambiente, contribuindo, paralelamente, para o avanço do negócio.

É necessário ter resiliência para enfrentar os desafios e se adaptar para driblar situações complexas. Se percebes essa característica em si, então tens uma das características do perfil de trainee.

8. Senso de ownership

O “sentimento de dono” ou ownership pode levar o profissional ainda mais longe dentro de uma carreira de trainee. Jovens profissionais que pensam como se fossem os donos da empresa onde atuam conseguem elaborar soluções muito mais diferenciadas e encontrar um verdadeiro propósito por trás de seu trabalho.

Quem tem perfil de trainee não se vê apenas como um profissional em início de carreira, mas como um agente fundamental para o crescimento da empresa. Essa pessoa consegue olhar adiante e focar nas oportunidades que uma atuação estratégica pode oferecer à carreira.

E aí, será que você tem perfil de trainee? Para saber se você tem as características que uma empresa busca, o ideal é estudar a cultura interna dela e analisar o perfil de outros profissionais que já atuam lá. Isso vai lhe trazer vantagens em um processo seletivo para trainee.

Um dos fatores analisados por recrutadores hoje em dia é o comportamento do profissional nas redes sociais. Para saber se você anda bem nesse requisito, veja agora nosso artigo sobre como os recrutadores analisam o seu comportamento em redes sociais!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-